Publicado em 17 de outubro de 2018 às 11:06

Usuário brasileiro é o mais disposto a fornecer seus dados pessoais

Termos e condições de uso: quase ninguém lê, não é mesmo? A partir deles, os usuários aceitam ceder seus dados pessoais para usar serviços. Algumas cláusulas podem ser consideradas abusivas, segundo especialistas.

“Ao fazer uma compra neste site, você nos concede o direito intransferível, agora e para sempre, de propriedade da sua alma”.

Em 2009, por um dia, esse trecho fez parte dos termos de uma loja online, como brincadeira. Sete mil clientes concordaram com a condição, conforme conta o documentário “Sujeito a Termos e Condições”.

Edward Snowden, ex-agente da CIA e da NSA (a agência de segurança dos Estados Unidos), tornou públicos detalhes do sistema de vigilância global do governo dos EUA, e hoje vive exilado em Moscou. Apesar de Snowden já fazer esse tipo de alerta há alguns anos, a preocupação com a privacidade dos dados ainda não está presente no dia a dia dos brasileiros.

Segundo Rodrigo Nasser, sócio da ITU Partners e curador de tecnologia do E-commerce Brasil, nós somos o país que está mais disposto a oferecer nossos dados em troca de alguma coisa. “Quando eu falo de alguma coisa, não estou falando em descontos. Os brasileiros querem ter acesso a uma informação, algo diferente para compartilhar. O que ele foi na vida passada, por exemplo”, afirmou, citando os testes comuns em redes sociais.

"

 

“A tecnologia deu às instituições a possibilidade de perscrutar informações privadas das pessoas. Se você tem um smartphone, a Apple ou o Google estão anotando onde você está agora. A sua operadora de telefonia celular também. E os governos podem solicitar essas informações”, afirmou.

Já as empresas começam a dar cada vez mais importância a esse tema. Frank Venjakob, diretor do The IT Security Expo & Congress, apresentou uma pesquisa que mostra que o setor de segurança da informação está crescendo em todo o mundo. Em comparação com 2017, tanto as vendas, quanto a verba e as vagas de emprego na área aumentaram. O problema é que não existem profissionais suficientes para suprir a demanda, de acordo com o especialista.

Para as empresas que estão dispostas a enfrentar esse novo desafio, é preciso assimilar que segurança da informação não é tarefa para uma única área. É necessário que todos os envolvidos no negócio entendam que também faz parte do seu papel, até como indivíduos, garantir a privacidade dos seus dados, dos dados de terceiros e se preparar não só para cumprir a nova legislação, mas para usar esse aprendizado para se diferenciar no mercado.


Publicado em 10 de dezembro de 2018 às 16:25

Lexus produz filme escrito por inteligência artificial

O sistema de Inteligência Artificial da IBM, Watson, criou o primeiro roteiro comercial para o lançamento europeu do Lexus ES. De acordo com um dos envolvidos no processo, praticamente todas as linhas do texto vieram com referências explicando o motivo de a inteligência artificial ter tomado certas decisões. Ela indicou, por exemplo, que o criador […]

Publicado em 10 de dezembro de 2018 às 16:02

A IA pode acelerar a economia do Brasil

A Inteligência Artificial está melhorando nossa qualidade de vida e nos ajudando a resolver problemas que, até então, pareciam insolúveis. Está mais fácil fazer transações bancárias em seu smartphone e economizar tempo no trânsito por meio de apps como Google e Waze se tornou comum. Empresas coletam seus dados e com IA, tornam seu relacionamento […]

Publicado em 10 de dezembro de 2018 às 15:32

Machine learning: a tecnologia quebrando barreiras para o varejo

O aprendizado automático das máquinas está aprimorando vendas no varejo Interatividade, problemas sendo resolvidos em tempo real, relacionamento com o cliente e redução de custos são alguns exemplos do que os chatbots, usando recursos de inteligência artificial, podem fazer para o negócio. Conforme os estudos avançam nessa aplicabilidade, já podemos ver bons resultados com esses […]

ESTÁ INTERESSADO EM NOSSOS SERVIÇOS?

Preencha o formulário para ser contactado por um de nossos profissionais
Técnico de T.I.Consumidor

CONTRATOS

Araçatuba: (18) 3637-0502
Birigui: (18) 3638-1000
Lins: (14) 3525-0100
Penápolis: (18) 3650-0100
S. J. do Rio Preto: (17) 3520-0100
São Paulo: (11) 3181-6060