Facebook YouTube Linkedin
Publicado em 24 de outubro de 2018 às 12:58

Inteligência artificial no setor telecom: otimize tempo na sua empresa

Você, empresário, já sabe que as telecomunicações têm papel essencial na gestão de um negócio. Na era digital, a indústria telecom passou do serviço básico de telefone e internet para um setor que está migrando para a alta tecnologia, evoluindo constantemente para ambientes mais automatizados.

Inteligência artificial na gestão em telecom: Insights para 2019

Sabemos que cada mudança no mundo digital tem efeitos diretos sobre as empresas e comércio. Com isso, é possível fornecer insights pertinentes para líderes empresariais e profissionais interessados ​​em como a inteligência artificial está impactando o seu negócio.

São inúmeros os usos da inteligência artificial para o setor. Dentre as aplicações mais populares, estão:

Chatbots de atendimento: o serviço ao cliente ainda é uma despesa grande para qualquer empresa que tenha uma clientela maior. Os chatbots têm a promessa de melhorar  a eficiência e qualidade no atendimento, reduzindo os custos. Ele atua, principalmente, automatizando consultas de atendimento, roteando clientes para o agente correto e direcionando prospects com intenção de compra diretamente para a equipe de vendas.

• Serviços de voz: as empresas com grande demanda de suporte ao cliente recebem a maioria dos dados disponíveis para treinar chatbots de sistemas de reconhecimento de fala. Isso permite que eles “aprendam” a partir dos casos mais recorrentes, e usem isso como combustível para melhores interfaces com os clientes. Também possibilita que os clientes explorem ou comprem conteúdo de mídia por meio de interações de fala em vez de controle remoto.

• Manutenção preditiva: amplia e otimiza a capacidade de corrigir problemas com o hardware de telecomunicações, como torres de células, linhas de energia, entre outros, antes mesmo de acontecer o problema, detectando sinais que geralmente conduzem a falhas. A manutenção preditiva é um passo fundamental na redução de custos das empresas, já que evitar falhas diminui custos com manutenção e evita a perda por inatividade de serviço.

Enquanto algumas empresas parecem ainda estar distantes em suas aplicações de manutenção preditiva, os chatbots e as interfaces de voz parecem ser quase onipresentes e estão listados como iniciativas importantes em todas as empresas.

Por que a gestão em telecom precisa da inteligência artificial?

A internet das coisas (IoT) e outras tecnologias têm desenvolvido um grande número de pontos de extremidade para as Telecoms, como o 5G, a natureza da rede com mudança (implantações urbanas de alta densidade etc.). Tudo isso tem gerado uma grande quantidade de padrões que não são fáceis de gerenciar para os humanos. No entanto, como a inteligência artificial é sobre autoaprendizagem, o imenso volume de dados resultantes de tais padrões tornam-se facilmente gerenciáveis.

Isso afeta uma série de áreas na gestão de telecom, que inclui:

• Classificação do tráfego (identificação do fluxo, segurança (detecção/mitigação DDoS, QoE);

• Utilização de recursos e otimização de rede.
Detecção de anomalias (gerenciamento de falhas, indicadores de saúde);

• Previsão (gerenciamento de riscos, planejamento de capacidade);

A implantação de tecnologias como a “internet das coisas” oferece a melhor chance para a gestão em telecom se envolver com o mundo em expansão da IoT. Isso é necessário por ainda não haver as atualizações de rede, além de que o 5G ainda está posicionado no futuro, previsto para além de 2020. Atualmente, o impacto da internet das coisas está amplamente extraído da rede de Telecomunicações – mas é esperado para o mais com atualizações de rede.

Não é de se surpreender que vejamos chatbots e interfaces de voz como os casos de uso mais populares de inteligência artificial dentro da gestão de telecom. Empresas com grandes operações B2C, que contam com milhões ou dezenas de milhões de clientes, são as mais adequadas para se beneficiar tanto de chatbots de texto quanto de voz.

 


Publicado em 21 de maio de 2019 às 13:33

Dinheiro virtual, burocracia e autorregulação no Brasil

Culturalmente, no Brasil, buscamos regular o máximo que podemos, sendo um dos países mais ativos na edição de novas leis taxativas, ao regular todas as variáveis conhecidas. Contudo, essa cultura tem se mostrado burocrática, em vista da constante evolução, e ganha contornos ainda mais fortes quando envolve aspectos tecnológicos. Para ilustrar os desafios, destacamos a […]

Publicado em 20 de maio de 2019 às 16:10

Brasileiros na mira de ataques bancários

O Brasil é o país mais atacado pelo trojan bancário Banload, que infecta o computador ou smartphone por meio de uma campanha de phishing disfarçada em downloads de episódios de seriados ou softwares. Segundo a ESET, 82,9% das infecções do Banload acontecem no Brasil. Quando o acesso legítimo é feito ao banco, o criminoso passa a ter […]

Publicado em 13 de maio de 2019 às 17:45

YouTubers viram alvo de hackers

Cibercriminosos estão repassando uma campanha de phishing para infectar donos de canais no YouTube, roubando dados e o controle da conta. Os alvos são YouTubers que contam com mais de 1 mil inscritos. De acordo com os YouTubers afetados, as notificações falsas chegaram aos seus e-mails públicos, e não aos endereços vinculados ao YouTube Phishing é […]

ESTÁ INTERESSADO
EM NOSSOS SERVIÇOS?

Preencha o formulário para ser contactado por um de nossos profissionais